Sabias que já não precisas de interromper o teu tratamento de depilação a laser no verão? Graças à depilação a laser díodo, podes dizer adeus aos pelos para sempre, mesmo durante o verão. Porque o nosso método de depilação permanente é totalmente compatível com o sol, desde que sigas uma série de recomendações para continuares o teu tratamento de depilação durante os meses de verão.

Para além destes conselhos, existem alguns erros que deves evitar para desfrutar do teu tratamento de depilação a laser no verão.

 

Não respeitar o tempo entre as sessões de depilação a laser

O ser humano é impaciente, quer tudo e quer já. No entanto, em muitas ocasiões, a pressa não é uma boa conselheira. E o caso da depilação a laser díodo é um exemplo claro disso, porque estamos a falar de um tratamento cujos resultados se veem definitivamente a médio e longo prazo e, não respeitar os tempos estabelecidos, pode reduzir a eficácia do tratamento.

Neste sentido, para que a depilação a laser seja eficaz no verão, deves ter o máximo cuidado com os tempos recomendados, especialmente os relacionados com a exposição solar e os intervalos entre sessões.

Nesta altura do ano, devemos lembrar-nos que o sol brilha com uma radiação mais intensa e que a nossa pele o sente. É por isso que é necessário proteger e evitar a exposição solar nas zonas onde se vai efetuar o tratamento. A nossa recomendação é evitares o sol durante três a quatro dias, antes e depois da sessão.

O sol é o principal fator que influencia o teu tratamento de depilação a laser, mas esta precaução também deve ser tomada com outros métodos de bronzeamento. Se fizeres uma sessão de solário, terás de esperar cerca de 15 dias antes e depois da sessão, enquanto se utilizares produtos autobronzeadores, deves esperar cerca de 15 dias para realizares o teu tratamento de depilação a laser e 4 dias depois.

No verão devemos também ter atenção com o tempo entre sessões. Surgem dias em que os planos se multiplicam e a agenda fica rapidamente preenchida, mas devemos manter o tempo entre sessões para que a depilação a laser seja eficaz também durante o período de verão. Lembra-te que, o tempo entre sessões, vai depender da zona corporal e do momento atual em que se encontra o teu tratamento, este tempo pode variar entre um mês e um mês e meio, aproximadamente. Reduzir o período pode significar que a nossa pele não se encontra em perfeitas condições para dar continuidade ao tratamento.

 

Interromper o tratamento de depilação a laser durante o verão

Embora a depilação a laser e o sol sejam totalmente compatíveis, ainda há muitas pessoas que decidem interromper o seu tratamento durante o verão. Quais são as consequências de interromper as sessões durante este período? As fases de crescimento do pelo podem ser alteradas.

Existem três fases de crescimento do pelo: anágena, catágena e telógena. Se, durante o tratamento, o pelo avançar de fase e o interrompermos, pode voltar ao seu ciclo de crescimento normal, o que significaria que uma grande parte do resultado alcançado até à data se desperdiça e, a longo prazo, o tratamento pode até mesmo perder parte da sua eficácia.

 

Não hidratar e proteger corretamente a pele

Um erro comum cometido no verão, que pode diminuir a eficácia do teu tratamento de depilação a laser, é não hidratares e protegeres corretamente a tua pele. Se é importante cuidar da nossa pele em todas as alturas do ano, é especialmente importante durante os meses de verão. A influência do sol e de outros fatores, como o cloro da piscina ou o sal do mar, promovem a perda de hidratação natural da pele.

Manter a pele num estado ótimo de hidratação não só ajuda a tornar as sessões de depilação mais confortáveis, como também auxilia a epiderme a regenerar-se mais rapidamente, após o tratamento. Por este motivo, recomendamos, que incluas na tua rotina diária de cuidados com a pele alguns produtos específicos para o tratamento, como a Loção Hidratante de Rosa Mosqueta e o Gel Regenerador Pós-Laser.

Uma pele bem cuidada requer menos sessões de tratamento para ser eficaz, pelo que, para além de melhorares os resultados e a duração do tratamento, também podes poupar alguns euros.

Se a hidratação da pele é importante para que o tratamento de depilação a laser no verão seja efetivo, também é importante protegê-la. É necessário utilizar produtos adequados, para que a nossa melanina não sofra demasiado com o impacto do sol e a pele não fique fragilizada, ou com os famosos escaldões. Caso não protejas a tua pele, podes provocar inflamações, incluindo lesões cutâneas graves. Desta forma, os protetores solares, além de protegerem dos efeitos nocivos da radiação ultravioleta, também ajudam na obtenção de um bronzeado saudável, que é alcançado de forma progressiva. 

Neste sentido, recomendamos a utilização e aplicação de protetor solar (SPF) 50+, especialmente durante o período de verão.

Não usar a roupa adequada para a sessão de depilação a laser

Durante os meses de verão, o nosso estilo de vida muda e o mesmo acontece com o nosso guarda-roupa. Normalmente, optamos por vestir roupas mais leves e confortáveis, de forma a lidar melhor com o calor e, naturalmente, as zonas do corpo ficam mais expostas ao sol. No entanto, se estivermos a meio de um tratamento de depilação a laser, temos de dar prioridade a outros aspetos.

A recomendação que fazemos sempre na Láserum é que venhas para a tua sessão com roupa confortável que proteja as zonas onde está a ser feito o tratamento.

Após a sessão, a zona está muito sensível, pelo que é necessário mimá-la mais do que o habitual. Não usar a roupa adequada, ou demasiado apertada, pode provocar irritações ou assaduras, devido à fricção direta com a pele.

 

Desporto após uma sessão de depilação a laser

Quem não gosta de praticar desporto durante os meses de verão? Correr na praia ou no passeio marítimo, fazer caminhadas nas férias ou continuar com a rotina de ginásio são muitas das opções que surgem durante esta época do ano. No entanto, o desporto não é aconselhável após uma sessão de depilação a laser.

Após o tratamento, a pele apresenta-se mais sensível do que o habitual e o suor pode mesmo irritar a pele. Desta forma, é necessário manter a zona do tratamento fresca, a uma temperatura ótima, para evitar que o suor promova alguma alteração inadequada sobre a pele.

Se praticares desportos aquáticos, deves também evitar o contacto com a zona tratada, pois o cloro ou o sal, por exemplo, na piscina ou no mar, podem provocar irritações na pele. 

No entanto, deves ter em conta que os tempos de recuperação dependem muito de cada tipo/estado de pele, sendo que cada pele terá a sua forma de reação. Consulta a tua técnica especializada em depilação a laser, quando fizeres a tua marcação ou durante a tua sessão de depilação a laser, para que recebas todas as recomendações necessárias.

 

Não ouvir a técnica de depilação a laser

As nossas técnicas especializadas irão atuar como guia, durante todo o tratamento de depilação a laser de díodo. Se tiveres alguma dúvida sobre como cuidar da tua pele no verão ou como tornar a tua sessão mais confortável, elas terão todo o gosto em ajudar-te.

 

Marca já a tua sessão no centro de depilação Láserum mais próximo de ti ao clicares no botão abaixo!

Posts relacionados
Prendas Dia do Pai: as melhores dicas
Prendas Dia do Pai: as melhores dicas

Na Láserum, celebramos o Dia do Pai todos os dias, mas o 19 de março é a oportunidade para relembrar aqueles mais distraídos. Como este dia especial já está aí, podes não ter ideias para o Dia do Pai. Mas não te preocupes, estamos cá para ajudar-te a não errar com as...

read more
Depilação a laser: qual o intervalo entre sessões
Depilação a laser: qual o intervalo entre sessões

Para obteres uma pele livre de pelos, a depilação a laser díodo é a opção mais eficaz e com resultados permanentes disponíveis no mercado. Para alcançares os resultados desejados, é essencial saberes de quanto em quanto tempo deves fazer a depilação a laser.  O...

read more