Os tratamentos de depilação definitiva tornaram-se cada vez mais populares por permitirem uma liberdade que não é conseguida através dos restantes métodos de remoção de pelos. Apesar deste tratamento não ser novo no mercado, ainda existem algumas dúvidas relacionadas com as suas contradições, isto porque, graças à evolução da tecnologia, já existem várias soluções de depilação permanente, cada uma com as suas especificidades.

Uma das questões mais comuns quando se trata dos resultados deste tratamento é se a depilação a laser escurece a pele ou até, se por outro lado, a depilação a laser ajuda a clarear a pele e, mais especificamente, se a depilação a laser clareia a axila e a virilha. As respostas a estas questões dependem do tipo de laser que é utilizado.

A depilação a laser clareia a pele ou a depilação a laser escurece a pele?

Como já abordámos anteriormente, existem vários tratamentos de depilação definitiva. Existem alguns métodos que, de facto, provocam o escurecimento da pele e outros que, por sua vez, ajudam no seu clareamento. Assim, para descobrir a resposta a essa pergunta, primeiro é preciso saber qual o tratamento de depilação permanente.

Existem algumas zonas do corpo, como as axilas e as virilhas, que têm uma tonalidade mais escura. Esta diferença de cor é causada geralmente por reações alérgicas, inflamações da pele, utilização de desodorizantes ou outros produtos cosméticos que contenham álcool na sua composição, pelos encravados ou foliculite, atrito com a roupa ou pelo método de depilação utilizado. A utilização de métodos de depilação não definitivos como a lâmina, a cera ou o creme depilatório, devido a não produzirem resultados absolutos e serem agressivos para a pele, têm de ser utilizados recorrentemente, provocando muitas vezes alergias, foliculite e o escurecimento das zonas do corpo onde são utilizados.

Por outro lado, ainda que sejam tratamentos definitivos, também existem métodos de depilação a laser que escurecem a pele. É o caso de tratamentos que provoquem o aquecimento, à semelhança do que acontece com a cera quente, as temperaturas elevadas na pele podem gerar o escurecimento da mesma. No caso de pessoas com pele morena ou escura, a utilização de um método de depilação a laser que não seja compatível com pessoas com fototipos de pele mais altos também pode provocar manchas na pele. A depilação a laser díodo é compatível com todos os tipos de pele, desde peles claras a peles mais escuras.

Laser de díodo clareia a pele

Outras vezes, a mudança da tonalidade da pele não tem a ver com o método em si, mas com quem está a manusear o equipamento, a utilização incorreta do material ou a pouca utilização de gel pode levar ao aparecimento de manchas e escurecimento da pele. Prefira clínicas de depilação que disponham de profissionais especialistas e experientes em depilação a laser.

Depilação a laser díodo, a solução para dizer adeus aos pelos de forma definitiva e ao escurecimento da pele

A Depilação a Laser Díodo é um tratamento estético eficaz que permite ver-se livre dos pelos de forma duradoura, sem ter de se submeter a dolorosas e recorrentes sessões de depilação. A depilação a laser díodo remove entre 95 e 99% dos pelos, deixando uma percentagem mínima de pelos residuais.

A Láserum Technology, para além de oferecer uma experiência confortável e praticamente indolor, a depilação a laser ajuda a clarear a pele, nomeadamente em zonas como as axilas e virilhas. O equipamento Láserum é o mais frio do mercado, possui uma ponta de gelo que atinge temperaturas até -12ºC, potenciando não só o efeito anestésico, mas eliminando o risco de escurecer a pele devido à exposição a altas temperaturas.

Por outro lado, ao optar pela depilação a laser díodo, elimina outra das causas provocadas pela utilização de métodos de depilação não definitivos, como a foliculite, mais conhecida por pelos encravados, bem como outras reações ou inflamações causadas pela a lâmina, cera ou creme depilatório. Ao eliminar os pelos de forma definitiva, através da depilação a laser díodo, elimina também a causa destes problemas e, consequentemente, o risco de escurecimento da pele. Assim, embora não seja a principal função, o laser de díodo clareia a pele.

Cuidados extra que ajudam a clarear a pele

A depilação a laser díodo atua sobre o folículo piloso, eliminando o risco de queimaduras, alergias ou outras complicações que provocam o escurecimento da pele. No entanto, para que o tratamento seja o mais eficaz possível e tenha todos os benefícios associados a esta técnica de remoção definitiva de pelos, existem cuidados que deverá ter diariamente. Deixamos-lhe uma checklist para que tire o melhor partido dos resultados da depilação a laser díodo.

Cuidados extra que potenciam os resultados da depilação a laser

  • Passar a lâmina

Deverá passar a lâmina antes e entre sessões, 1 a 2 dias antes, se o pelo estiver forte e de 6 a 7 dias antes, se o pelo estiver fraco. Não utilize métodos que removem o pelo pela raiz, como a cera ou pinças, apenas se recomenda a utilização de lâmina.

  • Evitar exposição solar e solário

Evite a exposição ao sol nos dias imediatamente antes e após a sessão. Não vá ao solário ou utilize produtos autobronzeadores 15 dias antes da sua sessão.

  • Evitar os banhos de água quente

Os banhos de água quente momentos após a sessão podem irritar a pele. Prefira tomar banhos de água morna ou fria.

  • Esfoliar

A esfoliação das zonas tratadas após a irritação inicial passar, estimula a caída do pelo. Sendo uma ótima forma para obter resultados de forma mais rápida.

  • Optar por roupas leves e largas

Como mencionámos acima, uma das causas do escurecimento da pele é a fricção. Para evitar o atrito causado pela roupa, nos dias seguintes à sessão, prefira roupas leves e soltas.

  • Hidratar a pele de forma regular

Mantenha uma hidratação profunda e regular da pele, a aloé vera será a sua melhor amiga. Embora hidratar a pele seja muito importante, no dia da sessão não utilize nenhum tipo de cosmético na pele, vá à sessão de depilação com a pele completamente limpa!

  • Não tomar medicação fotossensível

Existem certos medicamentos considerados fotossensíveis que não são compatíveis com a depilação a laser e, como tal, não deverão ser tomados no dia da sessão. Caso tome algum medicamento de forma regular, como a pílula, deverá consultar o seu técnico laser para avaliar a compatibilidade.

Continua com dúvidas acerca do tema: o laser de díodo clareia a pele? Deixe a sua pergunta na secção de comentários ou envie-nos uma mensagem privada no Facebook ou no Instagram. Teremos todo o gosto em ajudá-lo no seu caso em particular!

Posts relacionados
Como conseguir uma depilação definitiva?
Como conseguir uma depilação definitiva?

Quando pensamos em como podemos conseguir uma depilação definitiva, enquanto tentamos descobrir mais informações, podemos deparar-nos com alguns métodos que afirmam ser definitivos, mas que acabam por não ser. É por isso que a melhor opção é, sem dúvida, a depilação a...

read more
É possível fazer depilação a laser com herpes?
É possível fazer depilação a laser com herpes?

Se chegaste até este artigo, é porque possivelmente tens o vírus do herpes, e estás prestes a iniciar ou a continuar o teu tratamento de depilação a laser díodo. Mas, será que a depilação a laser e o herpes são compatíveis? A resposta é sim, embora com algumas...

read more