Podes já te ter questionado sobre qual a diferença entre fotodepilação e depilação a laser díodo, e existem várias diferenças. O artigo de hoje aborda cada um destes métodos e as principais diferenças a ter em conta.

Diferenças entre a depilação a laser díodo e a fotodepilação

Ambos têm em comum o facto de trabalharem por meio de impulsos de luz cujo principal objetivo é eliminar os folículos pilosos. Mas quais são as diferenças entre a depilação a laser díodo e a fotodepilação? Este artigo diz-te como cada um destes métodos funciona, de modo a responder a esta questão tão recorrente.

depilação a laser e fotodepilação

Como funciona a fotodepilação?

A fotodepilação ou luz pulsada é também conhecida como IPL (Intense Pulsed Light) e é diferente da depilação a laser na forma como remove o pelo.

A IPL funciona através de um vasto conjunto de ondas de luz. A principal desvantagem é que nem todas as ondas conseguem gerar um aumento de temperatura suficiente para remover o pelo. Este efeito de alta temperatura é conseguido principalmente nas áreas com mais melanina (especialmente em pelos escuros), de modo que esta luz acabe por ser absorvida pela raiz e o folículo piloso acabe por ser queimado, conseguindo assim a eliminação do pelo.

 

Como funciona o laser díodo?

Em artigos anteriores discutiu-se como é que a depilação a laser díodo funciona de forma mais extensa e com mais detalhe. Mas, em poucas palavras, a depilação a laser díodo difere da luz pulsada por gerar uma única onda de luz que é muito mais poderosa e precisa.

É um feixe que está completamente concentrado num alvo específico: o pigmento no folículo piloso. A energia aplicada é transportada através da melanina do pelo e termina na raiz, que é destruída, sem aplicar qualquer dano no resto da pele. Assim, é possível afirmar que o laser é um método de depilação muito mais preciso.

fotodepilação ou laser

Qual é a diferença entre a fotodepilação e a depilação a laser face ao número de sessões?

O número de sessões necessárias na fotodepilação ou num tratamento com luz pulsada é de aproximadamente 15 a 20 sessões, se fores consistente durante o teu tratamento e respeitares as indicações da tua técnica especialista em depilação a laser díodo. Esta é outra das diferenças fundamentais entre a fotodepilação e a depilação a laser díodo. No caso depilação a laser díodo é necessário fazer um menor investimento de tempo e, com uma média de 6 a 8 sessões, são alcançados resultados reais.

 

Tem em conta que cada corpo é diferente e, dependendo das especificidades da pele, do pelo e das tuas hormonas, este número pode variar. Esta é uma média estimada.

 

A partir das oito sessões, os clientes vêm normalmente para sessões de “manutenção”, cerca de uma vez em cada seis meses, de modo a não perder a continuidade do tratamento. No entanto, já terão dito adeus a todos os pelos.

Como conclusão, pode afirmar-se que existem diferenças efetivas entre a fotodepilação e o laser díodo. Lembra-te que a Láserum é especialista em depilação a laser díodo e trabalha com o método mais eficaz no mercado.

Se ainda tiveres dúvidas sobre as diferenças entre fotodepilação e depilação laser e se quiseres mais informações, procura o centro Láserum mais próximo para tirares todas as tuas dúvidas. Também podes deixar uma mensagem privada no Facebook ou Instagram.

Posts relacionados
Como conseguir uma depilação definitiva?
Como conseguir uma depilação definitiva?

Quando pensamos em como podemos conseguir uma depilação definitiva, enquanto tentamos descobrir mais informações, podemos deparar-nos com alguns métodos que afirmam ser definitivos, mas que acabam por não ser. É por isso que a melhor opção é, sem dúvida, a depilação a...

read more
É possível fazer depilação a laser com herpes?
É possível fazer depilação a laser com herpes?

Se chegaste até este artigo, é porque possivelmente tens o vírus do herpes, e estás prestes a iniciar ou a continuar o teu tratamento de depilação a laser díodo. Mas, será que a depilação a laser e o herpes são compatíveis? A resposta é sim, embora com algumas...

read more