Hoje em dia existem muitas técnicas de remoção de pelos, desde os métodos não definitivos, como a lâmina, o creme depilatório e a cera, aos tratamentos que permitem a eliminação praticamente total do pelo, como é o caso do laser. Com uma variedade extensa de métodos de depilação, nem sempre é fácil eleger o mais apropriado para o seu caso específico. Esta escolha pode depender de vários fatores, tais como, a quantidade de pelos, o tempo disponível para realizar a depilação, a sensibilidade à dor, a preocupação com o ambiente ou o orçamento disponível.

No artigo de hoje, abordamos as principais diferenças entre a depilação a laser e a cera, que são dois dos métodos mais utilizados por quem se quer ver livre dos pelos indesejados.

Diferenças entre a depilação a laser e a cera

Como referimos acima, a principal diferença entre a depilação a laser e a cera é o facto de o laser ser um tratamento definitivo e a cera um método de depilação temporária.

No caso da cera, apesar de ser o método de depilação não definitiva que permite que os pelos demorem mais tempo a crescer, em comparação, por exemplo, com a lâmina, a cera depilatória não impede o crescimento do pelo, tendo de se repetir o processo sempre que se queira removê-lo.

Por outro lado, o tratamento de depilação a laser díodo permite a eliminação dos pelos de forma permanente. A depilação a laser díodo suprime entre 95 e 99% dos pelos, deixando uma percentagem mínima de pelos residuais. Os pelos residuais são geralmente muito finos, não pigmentados e bastante dispersos, praticamente invisíveis a olho nu.

Para além dos resultados, existem várias diferenças entre depilação a laser e cera. Descubra quais!

Vantagens e desvantagens da depilação a cera

A depilação a cera consiste na remoção dos pelos pela raiz. Este processo pode ser feito com cera quente, geralmente preferível, uma vez que, através do calor, permite a abertura dos poros, sendo mais fácil remover os pelos, ou com cera fria. A segunda opção é frequentemente utilizada em casa.

Vantagens da cera

  • Deixa a pele suave

Embora a cera não seja um método de depilação definitiva, ao contrário da lâmina e do creme depilatório, remove os pelos pela raiz, o que faz com que o seu crescimento seja mais demorado e, portanto, que a pele fique lisa e suave durante mais tempo.

  • Renova a pele

A depilação a cera é feita através da remoção dos pelos pela raiz, pelo que, ao retirar a cera para eliminar os pelos, algumas das células mortas da pele são eliminadas juntamente com os pelos.

  • Permite retirar uma grande quantidade de pelos de uma só vez

A lâmina ou a máquina depiladora não permitem a remoção de uma grande quantidade de pelos de uma só vez, tornando o processo de depilação de áreas grandes, como as pernas ou o abdómen, demorados. A cera, sobretudo a quente, permite a extração de uma grande quantidade de pelos em simultâneo.

  • Pode ser feito em casa

Uma das grandes vantagens da cera é que o tratamento pode ser feito em casa, sendo que em casa é geralmente utilizada cera fria, que é menos eficaz que a cera quente. Além disso, para que adepilação tenha o resultado desejado e não provoque queimaduras na pele, tem de ser feita através de técnicas específicas. Embora este método possa ser feito em casa, existem algumas partes do corpo, como as costas, que irá necessitar da ajuda de outra pessoa.

Depilação a laser ou cera

Desvantagens da cera

  • Causa dor

A maior desvantagem da cera é a dor. Para remover os pelos pela raiz é necessário arrancá-los, o que pode ser um processo bastante doloroso. E ainda que os pelos demorem mais tempo a crescer, terá de repetir o tratamento sempre que quiser ficar com a pele lisa, uma vez que este método não proporciona resultados definitivos.

  • O pelo precisa de estar grande

Esta técnica não pode ser feita em todas as fases de crescimento do pelo. Para que seja possível remover os pelos pela raiz, é necessário que estes atinjam um certo comprimento.

  • Escure a pele

Os métodos de depilação não definitivos, como a cera, a lâmina e o creme depilatório, podem provocar o escurecimento da pele. No caso específico da cera, acontece sobretudo com a quente, pois provoca o aquecimento da pele.

  • Pode causar irritação, foliculite e queimaduras

Como referimos acima, quando não é utilizada a técnica correta, a cera pode provocar queimaduras. Além disso, por ser um procedimento agressivo para a pele, pode causar vermelhidão, irritação e, por vezes, foliculite, mais conhecida por pelos encravados.

  • Pode ser pouco higiénico

No caso das bandas de cera fria, este ponto não se aplica, já que todo o material é descartável. Por outro lado, se a depilação for feita num centro de estética, é comum ser utilizada cera quente. Deve ter especial atenção se a espátula e a própria cera são descartadas após o uso. Em alguns salões, é feita reciclagem da cera, e ao contrário do que se pode pensar, a temperatura quente não elimina as bactérias, antes pelo contrário, por se tratar de um ambiente húmido e quente, é mais propícia a sua proliferação.

  • É prejudicial para o ambiente

Para que a depilação a cera seja segura e higiénica, todos os materiais, desde bandas, espátulas, até à própria cera, não devem ser reutilizados. Consequentemente, este método de depilação gera uma grande quantidade de resíduos desfavoráveis para o ambiente. Tratando-se de um método não definitivo, a produção de resíduos é repetida várias vezes.

Vantagens e desvantagens da depilação a laser díodo

A depilação a laser díodo permite a remoção definitiva dos pelos. Sendo o grande benefício, a comodidade de não ter de fazer a depilação a cada poucos dias ou de passar por sessões de depilação dolorosas. Este método é indicado para todo o tipo de peles e é possível observar os resultados logo após a primeira sessão. Além disso, existem outras vantagens que o laser díodo proporciona.

Vantagens do laser díodo

  • É praticamente indolor

Para além da eliminação definitiva do pelo, a grande diferença entre depilação a laser e cera é que o laser díodo não causa dor. A Láserum conta com tecnologia de ponta que permite oferecer uma experiência de depilação cómoda e praticamente indolor. Para realizar o tratamento é utilizado um equipamento com um ponta de gelo que chega a temperaturas até 12ºC, proporcionando um efeito anestésico. Além disso, a intensidade do laser é regulável e possível de adaptar ao limiar de dor de cada pessoa.

  • Previne e elimina problemas cutâneos

Os métodos de depilação não definitivos podem causar problemas de pele, como a foliculite. Com o tratamento de laser díodo, ao eliminar os pelos de forma absoluta, elimina também a causa destes problemas.

  • Disponível a qualquer altura

Ao contrário da cera, a depilação a laser díodo pode ser feita com os pelos numa fase de crescimento inicial e entre sessões, quando ainda existe pelo, pode-se passar a lâmina. Assim nunca terá de esperar que os pelos cresçam para fazer a depilação e a pele estará sempre lisa e sem pelos. Além disso, no caso do laser díodo, o tratamento pode ser feito a qualquer altura do ano.

Desvantagens do laser díodo

  • O preço por sessão é geralmente mais caro

Muitas vezes as pessoas optam pelos métodos de depilação não definitivos por pensarem que o laser é mais caro. De facto, se comparar uma sessão de depilação a cera e uma de laser, o laser costuma ser mais caro. No entanto, se tiver em conta uma perspetiva de longo prazo, o laser é mais económico, uma vez que, passadas algumas sessões, já não terá de utilizar qualquer método de depilação, enquanto que no caso da cera ou qualquer outro método de depilação, o processo terá sempre de se repetir.

Na Láserum trabalhamos com sessões soltas e oferecemos os melhores preços do mercado, não tendo de fazer investimentos iniciais grandes, como acontece em algumas clínicas de depilação definitiva.

Depilação com cera ou a laser: qual o tratamento ideal para mim?

Conhecendo os benefícios da depilação a laser díodo e tendo em conta os vantagens e desvantagens de cada tratamento, optar pela depilação com cera ou a laser depende das suas necessidades e preferências pessoais.

Continua com dúvidas sobre o dilema “depilação a laser ou cera”? Partilhe a sua questão na secção de comentários ou envie-nos uma mensagem privada no Facebook ou no Instagram.

Posts relacionados
É possível fazer depilação a laser com herpes?
É possível fazer depilação a laser com herpes?

Se chegaste até este artigo, é porque possivelmente tens o vírus do herpes, e estás prestes a iniciar ou a continuar o teu tratamento de depilação a laser díodo. Mas, será que a depilação a laser e o herpes são compatíveis? A resposta é sim, embora com algumas...

read more