Quando se fala de depilação a laser e sinais, como no caso da depilação a laser e sol, podem surgir muitas dúvidas: é seguro fazer depilação a laser em cima de sinais? Será que os sinais são tratados da mesma forma que as marcas de nascença ou cicatrizes quando se faz depilação a laser?

Quase todas as pessoas podem contar com alguns sinais no seu corpo: Em média, uma pessoa pode ter até 40 sinais espalhados por toda a sua pele, pelo que é compreensível que estas dúvidas sejam muito comuns.

Os sinais são grupos de células pigmentadas que são uma parte mais escura da pele, sendo que é normal que, quando se fala de depilação a laser e sinais, possam colocar várias questões. É por isso que queremos partilhar contigo um novo artigo, no qual serão respondidas estas questões. Continua a ler e não fiques com nenhuma dúvida!

 

Depilação a laser e sinais: depende de cada tipo

Planos, salientes, claros, escuros… É possível encontrar um grande número de variedades entre todos os sinais que compõem o corpo, especialmente em áreas como braços ou pernas.

Nem todos serão tratados da mesma forma quando se considera a depilação a laser com sinais, pelo que é necessário distinguir entre aqueles que não são um problema em relação ao laser díodo e aqueles aos quais se deve prestar especial atenção no momento do tratamento.

Os mais comuns são os que são planos, redondos e não muito pigmentados, em tons castanhos claros ou avermelhados. Nesse caso, não há qualquer problema quando se trata de depilação a laser em cima dos sinais, uma vez que a máquina de depilação passará por eles sem detectar uma quantidade excessiva de melanina, não existindo qualquer risco para a pele.

Uma vez que os tratamentos mais frequentes são, entre outros, a depilação a laser nas pernas ou a depilação a laser nos braços, ou seja, grandes áreas, não há problema em identificar estes sinais e tratá-los corretamente.

 

Depilação a laser e sinais muito escuros

Ao realizar um tratamento de depilação a laser díodo em cima de sinais, deve-se prestar especial atenção às áreas da pele onde existem sinais lisos muito escuros, que apresentam um tom quase negro.

Isto porque o laser díodo, pensado para eliminar o folículo piloso, procura sempre a escuridão para o encontrar. Assim, ao passar por cima de um sinal com pigmentação muito escura, o laser pode confundi-lo e irritar a área.

Para evitar que isto aconteça, na Láserum apresentamos duas soluções: Por um lado, este sinal pode ser coberto, marcando-o com um lápis branco ou cobrindo-o com um pequeno curativo. Outra opção é que, durante o tratamento, a profissional de laser circunde o sinal, ou seja, não passe com o laser por cima.

Desta forma, a depilação a laser com sinais será completamente segura e compatível para ti, mesmo que tenhas sinais localizadas com alta pigmentação.

 

O que acontece no caso de depilação a laser e sinais com relevo?

depilação a laser em cima de sinais

Outro tipo de sinais são os que têm relevo. Neste caso, relativamente à depilação a laser e aos sinais com relevo, não é tanto o nível de pigmentação que é importante, mas sim o tamanho do sinal.

Isto porque, quando o laser passa por cima deles, podem ficar irritados e até desprender-se da pele, o que pode causar problemas dermatológicos. Por isso, é importante que informes a tua técnica especialista em depilação a laser de todos os teus sinais com relevo para que ela os evite ou cubra.

Como mencionado acima, a depilação a laser e os sinais destas características são perfeitamente compatíveis, se se aplicar os métodos acima mencionados: tapar com lápis branco, circundar, etc.

 

Como tratar outras marcas, como cicatrizes ou marcas de nascença?

Além da depilação a laser e dos sinais, poderás também ter dúvidas sobre se a depilação a laser é compatível com outras marcas, tais como cicatrizes, marcas de nascença ou semelhantes.

No caso de marcas de nascença, pode referir-se a mesma explicação que já foi mencionada no caso de sinais planos muito pigmentados: Se for uma mancha clara, não haverá problema em realizar o tratamento sobre ela. Por outro lado, se a mancha for muito escura, terá de ser coberta ou circundada, para que o laser não queime o pigmento.

depilação a laser com sinais

Por outro lado, quando se trata de cicatrizes, existem principalmente dois tipos de situações a considerar:

  • Se a cicatriz for recente, mesmo que pareça completamente cicatrizada no exterior, existe o risco de que a ferida no interior não tenha cicatrizado a 100%. Portanto, a melhor coisa a fazer nestes casos é consultar primeiro um médico especialista e depois, por razões de segurança, contornar a cicatriz ao realizar o tratamento de depilação a laser.
  • Se a cicatriz já existe há muito tempo, não há qualquer problema em realizar o tratamento de depilação a laser sobre esta.

Em conclusão, a depilação a laser e sinais, manchas, cicatrizes, etc., são perfeitamente compatíveis, desde que sejam tomadas as devidas precauções (tais como circundá-los e cobri-los no momento do tratamento) nos casos que têm peculiaridades que possam envolver algum risco, como por exemplo:

  • Sinais muito escuros
  • Sinais com volume ou relevo
  • Marcas de nascença muito escuras
  • Cicatrizes recentes

 

Os centros Láserum têm técnicas especializadas que poderão aconselhar-te sobre quaisquer sinais ou marcas que possas ter na tua pele, indicando o que deves fazer em cada caso. Se ainda tiveres alguma pergunta, podes deixar um comentário ou escrever nos perfis do Facebook ou Instagram

Posts relacionados
Como conseguir uma depilação definitiva?
Como conseguir uma depilação definitiva?

Quando pensamos em como podemos conseguir uma depilação definitiva, enquanto tentamos descobrir mais informações, podemos deparar-nos com alguns métodos que afirmam ser definitivos, mas que acabam por não ser. É por isso que a melhor opção é, sem dúvida, a depilação a...

read more
É possível fazer depilação a laser com herpes?
É possível fazer depilação a laser com herpes?

Se chegaste até este artigo, é porque possivelmente tens o vírus do herpes, e estás prestes a iniciar ou a continuar o teu tratamento de depilação a laser díodo. Mas, será que a depilação a laser e o herpes são compatíveis? A resposta é sim, embora com algumas...

read more