Saber se a psoríase e a depilação a laser são compatíveis é muito importante para todas as pessoas que têm esta doença. Especialmente se estiver presente em zonas do corpo onde se costuma fazer a depilação, como é o caso da depilação a laser nas pernas, axilas ou outras zonas mais comuns. Por ser uma das perguntas mais frequentes entre os nossos clientes, consultámos os nossos especialistas em depilação a laser para ser possível esclarecer todas as dúvidas. 

Neste post, será abordado o tema da compatibilidade da depilação a laser e a psoríase, as precauções que deverá tomar em cada caso e outros problemas cutâneos que podem aparecer na derme, mas que não supõem nenhum problema para a depilação a laser. Quer saber mais sobre o tema? Fique connosco e continue a ler! 

Depilação a laser e psoríase: Depende de cada caso

Se tem psoríase, sabe que a doença pode passar por várias fases, dependendo de vários fatores externos. Como tal, haverá épocas em que a doença apenas se manifesta na pele e noutros momentos, em que se encontra numa fase mais forte, em que chega a produzir eczema que deixa a pele irritada.

É determinante conhecer a fase ou estado em que se encontra a doença no momento em que realiza o tratamento, já que esta informação irá influenciar se a psoríase e a depilação a laser são compatíveis nesse período. 

Depilação a laser e psoríase em estado leve

Se, no momento da sessão de depilação a laser, a psoríase se encontrar num estado leve, em que não se manifeste sobre a pele, neste caso, mesmo tendo psoríase, pode fazer a depilação a laser. Ainda que em ocasiões anteriores tenha tido irritação na zona, se a sua pele estiver livre de lesões, não haverá qualquer risco de o laser afetar de forma negativa a mesma.

O que acontece se a psoríase se encontrar em estado avançado?

No caso da psoríase, no momento da sessão, se encontrar num estado mais avançado, apresentando algumas zonas irritadas, não será possível levar a cabo a depilação a laser nessa área.

Ainda assim, não será necessário cancelar a sessão, já que o técnico de laser pode avaliar a zona afetada no momento da sessão e indicar-lhe como deverá proceder. Além disso, poderá realizar o tratamento noutras zonas da pele que não tenham sido afetadas pela crise de psoríase, como faria normalmente. Assim, mesmo no estado avançado, a depilação a laser e a psoríase são compatíveis.

depilacion laser con psoriasis

Aspetos a ter em conta sobre a depilação a laser e a psoríase

Uma vez explicada a questão de se a psoríase e a depilação a laser são compatíveis, é importante mencionar alguns aspetos que deve ter em conta se padece desta doença e se decidir realizar um tratamento de depilação a laser. 

Estes pontos são de extrema importância se quer que o seu tratamento seja de êxito. Para isso, deve seguir três recomendações essenciais, indicadas pelos nossos especialistas em depilação a laser:

1. Não aplicar cremes antes da sessão

Se tem psoríase, o mais provável é que utilize cremes para prevenir ou melhorar as lesões que aparecem nas zonas em que estão presentes regularmente. Ainda que possa seguir a sua rotina com normalidade, o recomendável é que no dia da sessão, não aplique nenhum creme nas zonas onde vai realizar o tratamento de depilação a laser. 

Isto deve-se a que, ao aplicar certos cremes que contenham componentes como o álcool, poderão impedir o laser de atuar com eficácia sobre o folículo piloso.

2. Passar a lâmina no sentido do pelo

Como já mencionámos em posts anteriores, passar a lâmina antes da depilação a laser é imprescindível para que o tratamento seja eficaz. Se a sua pele se irrita com facilidade devido à psoríase, recomendamos que passe a lâmina sempre no sentido do pelo e que o faça cerca de dois dias antes de ir à sua sessão, já que desta forma terá menos probabilidade de irritação.

Por outro lado, se há alguma zona em que tenha uma crise de psoríase, a nossa recomendação é que não a depile, já que pode causar danos na pele e irritar ainda mais a zona. 

3. Consultar o seu médico se está a tomar alguma medicação

Se está a ler esta informação é porque certamente sofre de psoríase e se pode fazer a depilação a laser é uma questão que lhe gera algumas dúvidas, por isso, se apresenta sinais de esta doença de pele, e está a tomar alguma medicação para a mesma, o melhor é que consulte o seu médico antes de realizar o tratamento. Este passo é fundamental devido aos medicamentos de tipo fotossensível que são incompatíveis com a depilação a laser, já que fazem com que a pele reaja de forma anormal à luz e podem provocar o aparecimento de manchas na mesma.

Outras doenças de pele compatíveis com a depilação a laser

Ainda que já tenhamos falado sobre elas em posts anteriores, queremos recordar que existem outras doenças de pele que são compatíveis com a depilação a laser, como é o caso da dermatite e outras, que para além de serem compatíveis, a depilação a laser pode melhorar o seu estado e até eliminá-las, como pode ser o caso da foliculite.

Foliculite e depilação a laser

A foliculite não é nada mais do que aquilo que se conhece por ‘pelos encravados’. Neste caso, não só são compatíveis, tal como no caso da psoríase e a depilação a laser, como o tratamento pode melhorar o estado da doença, e inclusive eliminá-la.

Esta doença aparece quando um pelo fica infetado debaixo da pele, pelo que, se eliminar o pelo de forma permanente, este problema não voltará a incomodá-lo. 

Se este é o seu caso, pode ler um artigo que escrevemos onde se aborda a relação entre a depilação a laser e a foliculite.

Dermatite

Por outro lado, a dermatite é uma doença que pode parecer muito similar à psoríase, no sentido em que também se manifesta em irritação e eczema na pele. No caso desta manifestação cutânea, também não existe qualquer problema caso a tenha e queira realizar o tratamento de depilação a laser, mantendo sempre precauções similares às que mencionámos no caso da psoríase.

Se quer saber mais informação sobre a depilação a laser e a dermatite, pode deixar um comentário e iremos tê-lo em conta para futuros posts. 

Em suma, depois de toda esta informação, é possível afirmar que a psoríase e depilação a laser são perfeitamente compatíveis, ainda que, como sempre, a nossa recomendação é que consulte um médico especialista para que lhe indique de que forma pode realizar o tratamento com precaução. 

Na Láserum, cuidamos de si e da sua pele, pelo que, poderá descansar ao saber que está nas melhores mãos. Se ainda tem dúvidas sobre este tema, pode contactar-nos através dos comentários ou nos nossos perfis de Facebook e Instagram.

Posts relacionados
Ácido hialurónico e depilação a laser: são compatíveis?
Ácido hialurónico e depilação a laser: são compatíveis?

Cada vez mais se recorre ao ácido hialurónico para suavizar as rugas ou prevenir o aparecimento de linhas de expressão. Por outro lado, também a depilação a laser tem ganho cada vez mais expressão no mercado, como técnica preferencial para remover os pelos de forma...

ler mais