Láserum

Atualmente, pode encontrar diferentes tipos de laser para depilação. A depilação a laser é o método mais eficaz de depilação e, devido aos seus resultados e ao facto de ser praticamente indolor, tornou-se uma das formas mais populares de depilação. Como explicámos em posts anteriores, a depilação a laser baseia-se na aplicação de luz. A transmissão da luz pode ser realizada por dois tipos de dispositivos: laser ou outro dispositivo que emita uma pulsação de luz previamente filtrada. Além disso, aplica-se um gel condutor na pele que penetra no folículo piloso. O laser passa na pele e seu calor é absorvido pelo líquido introduzido. Dessa forma, queima-se o folículo. Ao longo deste post vamos explicar-lhe quais os tipos de laser para depilação e qual o melhor tipo de depilação a laser para cada pele.

Quais são os tipos de depilação a laser?

  • Laser Rubi

A depilação a laser Rubi é o tipo de depilação a laser mais antíguo. Emite 694 Nm e a luz é vermelha. Além disso, é aplicado um gel refrescante na área onde será realizada a depilação. Atualmente é pouco usado e só é adequado para peles claras com pelos escuros, não pode ser utilizado em peles bronzeadas ou em peles mais escuras.

  • Laser Soprano

O laser Soprano realiza disparos muito rápidos de baixa energia, alcançando o aquecimento progressivo da camada subdérmica da pele a não mais de 35 ºC. Acumula a maior parte da temperatura do alvo, até 45-50 ºC. Atingindo a temperatura ideal para remover o folículo, sem aquecer demasiado a epiderme. Esta técnica admite pele escura e pelos grossos, incluindo peles bronzeadas. No entanto, não é tão eficaz para pele clara, pelos finos ou loiros.

  • Laser Alexandrite

Este laser emite 755 Nm e é eficaz para eliminar o pelo grosso, tanto escuro como claro. No entanto, não é o mais adequado para peles escuras, que foram expostas ao sol recentemente, ou para depilação facial. Na verdade, é recomendável que um especialista avalie se este tipo de laser pode ser utilizado, tendo em conta a cor da pele e do pelo. Normalmente, podem ser tratados vários fototipos de pele. Além disso, utiliza-se gás, gel ou ar frio ​​para refrescar a pele e pode requerer passar a gilete.

  • Laser Díodo

A depilação a laser díodo surge como alternativa à Alexandrite. A sua longitude de onda é maior, fazendo com que se penetre mais na pele, conseguindo tratar o pelo grosso e profundo. Além disso, devido ao seu funcionamento, permite refrescar mais a pele, sendo possível tratar a pele mais escura, mesmo bronzeada. A depilação a laser díodo funciona através do sistema de Fototermólise Seletiva. Consiste que a luz do laser atue diretamente no folículo piloso, penetrando a derme. Isto reduz gradualmente o aparecimento do pelo, pois, a cada sessão, o folículo vai enfraquecendo até parar de produzir pelo. Normalmente, costuma permanecer algum pelo residual, suja eliminação é conseguida através de sessões anuais de manutenção. Dentro das principais vantagens da depilação a laser díodo, encontram-se:

  1. Um tratamento para qualquer pessoa, podendo ser realizado a qualquer idade.
  2. Uma depilação duradoura e eficaz.
  3. Redução da foliculite.
  4. Facilita a higiene.
  • Laser Nd Yag

Este laser emite 1064 Nm e é ideal para todo tipo de peles, incluindo as bronzeadas. No entanto, a sua eficácia é menor. Na verdade, para obter melhores resultados, é necessária uma maior potência, tornando-o no sistema mais incómodo, quando comparado aos outros tratamentos de depilação a laser. Apenas é recomendado para pelo muito grosso e profundo, sendo pouco versátil para os outros tipos de pele

  • Luz Intensa Pulsada (LIP)

A depilação por tratamentos de luz pulsada não é a depilação a laser. Embora estas duas técnicas de depilação possam ser confundidas, entre o laser e a luz pulsada existem semelhanças, mas também diferenças. As principais diferenças entre estes dois métodos de depilação são:

Diferenças entre a depilação a laser e a luz intensa pulsada ou fotodepilação
  Depilação a laser Luz intensa pulsada ou fotodepilação
Processo de depilação O feixe de luz é aplicado de forma contínua É aplicado mediante pulsos de luz
Cor do feixe de luz De uma cor apenas Policromático
Absorção de melanina Melhor assimilação Pior absorção

Qual o melhor tipo de laser para depilação?

Em geral, e depois de explicada a depilação a laser e os diferentes tipos, podemos concluir que:

  • Todo o tipo de peles (clara, escura, bronzeada,…) + pelo grosso e escuro: laser díodo.
  • Pele clara + pelo fino ou médio e claro: laser Alexandrite, laser díodo ou luz intensa pulsada.

Nos Centros Láserum, recomendamos sempre a depilação com laser de díodo, já que pode ser aplicada em qualquer fototipo de pele e pelo, mas também pela sua alta eficácia e tolerância à dor. Além disso, é um método de depilação adequado para mulheres e  homens. Antes de finalizar o post, recordamos os seguintes conselhos para obter melhores resultados, fomentar a caída do pelo e cuidar da sua pele:

  • Aplique Aloé Vera frequentemente para hidratar a pele, antes e depois da sua sessão.
  • Não pratique desporto durante as 24 seguintes à sua sessão.
  • Não tome banho de água quente, nem utilize gel de banho durante 24 horas.
  • Passe a gilete uma vez por semana entre sessões, excetuando as zonas hormonais.
  • Uma semana após a sessão, esfolie a pele com cremes esfoliantes ou luva de crina.
  • Evite depilar-se com cera, pinça ou qualquer outro método de depilação que arranque o pelo.
  • Não apanhe sol 3-4 dias antes e depois da sua sessão, nem utilize cremes autobronzeadores durante os 15 dias anteriores e posteriores ao tratamento.
  • No dia da sessão, não aplique cosméticos na sua pele.

Se quer aprofundar esta questão, visite a nossa página de recomendações laser. Depois deste post, esperamos ter esclarecido as suas dúvidas sobre os diferentes tipos de laser para depilação definitiva. Se tiver decidido começar o seu tratamento de depilação a laser num dos Centros Láserum, agende a sua sessão aqui ou envie-nos uma mensagem privada pelo nosso perfil de Instagram!